Artista passa um ano na floresta criando belas esculturas com o que encontra na natureza

Galhos, folhas, raízes e pedaços de tronco secos se tornam matéria prima para a arte mais hippie de todas, a land art, dedicada a reunir obras daqueles que fazem uso somente do que resta da natureza. Entre os artistas, Spencer Byles passou mais de um ano criando lindas esculturas com material encontrado nas florestas das comunas francesas de La Colle Sur Loup, Villeneuve Loubet e Mougins.

Em equilíbrio com o meio ambiente, ele coletou partes naturais para criar sua arte exatamente no habitat em que vivem, não trazendo danos para nenhum ecossistema envolvido. Segundo ele, seu projeto é “secreto”, já que a única forma de encontrar as obras é por meio de fotos ou simplesmente se deparando com uma delas no meio do caminho, o que pode ser uma surpresa das boas, gerando até um certo mistério.

O trabalho do artista é efêmero e se modifica com o tempo. As peças não foram feitas para durar e acabam, pouco a pouco, retornando para onde vieram, criando um ciclo de vida natural.

Vai dizer que as peças não têm um ar filosófico e poético? Olha só:

forest-land-art-nature-spencer-byles-210

forest-land-art-nature-spencer-byles-191

forest-land-art-nature-spencer-byles-181

forest-land-art-nature-spencer-byles-171

forest-land-art-nature-spencer-byles-161

forest-land-art-nature-spencer-byles-151

forest-land-art-nature-spencer-byles-121

forest-land-art-nature-spencer-byles-111

forest-land-art-nature-spencer-byles-110

forest-land-art-nature-spencer-byles-101

forest-land-art-nature-spencer-byles-91

forest-land-art-nature-spencer-byles-81

forest-land-art-nature-spencer-byles-72

forest-land-art-nature-spencer-byles-61

forest-land-art-nature-spencer-byles-51

forest-land-art-nature-spencer-byles-42

forestlandart